Sessão de 03.06.19 - Confira o resumo das votações e debates entre os vereadores

por Técnico de Comunicação Social publicado 05/06/2019 08h37, última modificação 05/06/2019 08h37

 

A Câmara Municipal de São João da Boa Vista realizou na noite desta segunda-feira, 03.06.19, a 16ª sessão ordinária do ano, com 3 documentos na pauta da Ordem do Dia, todos já em Segunda Discussão.


Aprovados em Segunda Discussão

Projeto de Lei nº 055/2019 – Do Executivo – Revoga a Lei nº 4.335, de 13 de julho de 2.018, que dispõe sobre a doação de uma área de propriedade do Município à P & G SERVIÇOS E REPRESENTAÇÕES INDUSTRIAIS LTDA-ME.

Projeto de Lei nº 056/2019 – Do Executivo – Revoga a Lei nº 4.315, de 12 de junho de 2.018, que dispõe sobre a doação de uma área de propriedade do Município à M V DO L SILVEIRA ME.

Projeto de Lei nº 057/2019 – Do Executivo – Revoga a Lei nº 3.961, de 24 de fevereiro de 2.016, que dispõe sobre a denominação da Rua Maria Scorsato de Carvalho.

Essas 3 matérias agora seguem ao prefeito para sanção e publicação das respectivas leis.


Prevenção

No uso da palavra, o vereador Dr. Chaves comentou seu Requerimento 193/2019, solicitando à Mesa a criação de um grupo multidisciplinar para estudar as causas e propor formas de prevenção dos excessivos suicídios no município. Explicou que foi proposta pela população uma concentração no dia 9, às 14h, em prol da vida, contra o suicídio. Pediu a todos que participem de maneira efetiva, uma vez que se comenta muito em redes sociais especialmente sobre depressão, que pode ser uma das causas do suicídio. O Requerimento foi subscrito pelos vereadores Rui Nova Onda e Claudinei Damalio.


Tribuna Livre

O munícipe Moacir Ormastroni falou sobre a necessidade de combate às drogas, solicitando à Câmara a criação de uma legislação que possa ser aplicada para combater o tráfico. Ele deu exemplo de um monitoramento feito na região do triângulo histórico em São Paulo, com câmeras nas principais ruas, através da Prefeitura Municipal. Sugeriu uma lei para instalação de câmeras nas principais ruas dos bairros onde existem as “biqueiras” de drogas em São João.

O pastor Fabrício Daniel de Souza falou sobre o Plano Diretor e a proposta de redução do perímetro urbano, a qual, segundo ele, poderia “travar” a economia de cidade e impedir que os mais necessitados tenham a dignidade de terem sua moradia própria.

registrado em: ,